Colecionadora quebra sem querer escultura avaliada em R$ 200 mil


Uma colecionadora de obras de arte, convidada para uma exposição do artista pop norte-americano Jeff Koons, derrubou acidentalmente uma das peças, avaliada em US$ 42 mil (R$ 200 mil). O fato ocorreu na quinta-feira 16, na noite de abertura da Art Wynwood, uma feira de arte contemporânea realizada anualmente em Miami, Flórida. O evento era exclusivo para alguns convidados importantes.

A obra quebrada era uma escultura em formato de cachorro feita com bexigas, que fazia parte de uma coleção de 799 peças, a Balloon Dog. Com 40 centímetros de altura, o filhote ficou em pedaços e foi varrido pela equipe de limpeza da galeria.

Peça integrante da coleção Balloon Dog, de Jeff Koons, semelhante à que foi quebrada | Foto: Reprodução/Jeff Koons

O artista Stephen Gamson, que estava no evento, disse ao jornal local Miami Herald que estava admirando a escultura quando uma “senhora mais velha” a tocou, derrubando a peça de seu pedestal. Ele chegou a pensar que o fato fizesse parte de uma performance, mas logo percebeu que tinha sido um acidente. “Quando a peça caiu no chão, foi como um acidente de carro que atrai uma grande multidão de curiosos na estrada”, relatou Gamson, ao jornal.

Para sorte da mulher que tocou na obra e a derrubou, a escultura tinha seguro. A colecionadora, que não teve o nome divulgado, disse a pessoas próximas que ficou com muita vergonha.

Jeff Koons, de 68 anos, não fez nenhum comentário sobre o incidente. As obras de sua coleção já foram expostas em galerias em todo o mundo e ficaram mais conhecidas ainda quando o rapper Jay-Z trabalhou diretamente com Koons para criar um Balloon Dog inflável de 12 metros de altura para enfeitar o palco de seus shows.

Em 2019, a escultura Rabbitt, de Koons, foi vendida em leilão por mais de US$ 91 milhões (R$ 470 milhões) — o maior preço atingido por uma obra de um artista vivo.