Estande brasileiro degusta 1 tonelada de picanha ancho e mignon em Dubai


Enviado especial para Dubai – O cheiro inconfundível do churrasco brasileiro invadiu um dos pavilhões da Gulfood, maior feira de alimentos e bebidas do Oriente Médio, nesta terça-feira (21/2).

A Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec) e as empresas associadas financiam a degustação de picanha, ancho e filé mignon. A previsão é que sejam servidos 250 quilos de carne por dia, totalizando 1 tonelada durante os quatro dias de evento.

O objetivo é mostrar a qualidade da carne produzida no Brasil para potenciais novos compradores.

Todo o processo de inspeção e preparo da carne, da geladeira à churrasqueira, é feito pelo proprietário e churrasqueiro do Barbacoa, Jeferson Finger. “Realizamos verificações com um padrão de qualidade que leva em consideração o peso, a idade e a raça dos animais. Aqui na Gulfood, servimos metade nerole e metade carne angus”, disse Finger metrópole.

Metropoles publicidade 1 parceiro

0

Em 2022, o Brasil vendeu o equivalente a US$ 13 bilhões em carne vermelha para todo mundo, segundo o presidente da Abiec. No ano passado, foram exportadas 58 toneladas para os Emirados Árabes Unidos.

O Brasil é o principal exportador de carne especializada para o mercado árabe, que exige a certificação halal, segundo a qual são seguidas as regras para a produção de alimentos e outros produtos estabelecidas pelo Islã.

golfo

Dubai sedia a Gulfood 2023, a maior feira de alimentos e bebidas do Oriente Médio, de 20 a 24 de fevereiro. No total, 5.000 empresas de 120 países expõem produtos no evento.

O Brasil é representado na Gulfood por 105 empresas de setores como carnes, café e açaí. Segundo a ApexBrasil, que apoia a participação brasileira na Gulfood, a expectativa é que o volume negociado na Gulfood pelos empresários brasileiros chegue a 4,5 bilhões de dólares.

O mercado árabe é de grande interesse para o Brasil. No ano passado, as exportações brasileiras para o Oriente Médio representaram US$ 17,18 bilhões, 5,14% de todas as vendas externas do país.

No ano passado, o Brasil vendeu 445 mil toneladas de frango para os Emirados Árabes Unidos – onde fica Dubai -, o que representou US$ 953 milhões (cerca de R$ 4,92 bilhões) para o setor.

OU metrópole está em Dubai, a convite da ApexBrasil, para conhecer a representação brasileira na Gulfood.